20081229

069 - Em estágio para preparar a entrada em 2009

Como fazem os Dj's? Preparar... arrancar... cá vou eu montado no leitor do viniiiiiiiiiiiiiiiil!...

20081227

068 - Ms. Dewey

Eis a concorrência do Google:Vale a pena ver a "performance" da Menina Dewey :-D mas não troco pelo Google :-P, basta clicar na imagem ou no título e.. diverte-te!

20081226

061R2 - Filme de Natal

Era esta uma das prendas que queria este Natal:

História mais previsível, mas tão previsível, não pode haver, até adivinhei em que cenas ía chorar :-P

20081224

067 - É um número como outro qualquer!

Mas serve perfeitamente para dizer...(clicar na imagem para aumentar... e conseguir ler :-P)
Seja ao sabor de uma colheita de UB40, na companhia da família mal-cheirosa, ou a dormir, aproveitem os feriados e as festas! Cuidado com as canas do fogo de artifício, podem deixar marcas no pêlo!

20081222

066 - Cheira a Música

E também cheira um bocadinho a bolor... mas é para ir treinando para a semana :-P

Os UB40 (me? Yes I'am!) em "I Got You Babe" em antecipação :-D (sim também vai haver fogo de artifício) espero!
Não resisto a mais um I'am sorry mas "Can't Help Falling in Love" pela dose dupla:

20081220

065 - Crise Existêncial

(O Professor Bailica Excluído diz que já não encontra gajas boas, vai à procura delas, que bem as vê mas não as encontra. Concordo com a forma e com a ideia disse-lhe eu. Ele fez-se de desentendido ao elogio e lançou-me o desafio de escrever sobre o tema. Impossível, estou ainda pior que ele: já não encontro gajos nem textos bons.)
.
Cara Sobrinha de Dez Anos, na impossibilidade da forma e da ideia, venho por este meio dar cumprimento à sorte qu me ditaste, eis o recado:
"Eu acho que ainda existem rapazes assim, mas isso é a minha opinião
Para as minhas amigas saberem o que procurar e para os meus amigos saberem o k elas procuram...
Encontra o rapaz k te chama gira, em vez de boa.. k te telefona quando lhe desligas o telemovel na cara...k fica acordado so pa te ver dormir...
Espera por o rapaz k bja a tua testa... k quer mostrar-te ao mundo inteiro k fica de maos dadas contigo a frente dos amigos...
Espera por o rapaz k ta constantemente a lembrar-te do quanto signifikas para ele... e de quanta sorte ele tem de te ter...
Espera por o k se vira pos amigos e diz...'é aquela...' Se abriste este mail, tens k o reenviar! ou algo de mal ira acontecer k te markara po resto da tua vida..
Copia e cola e manda pa tua lista toda. e hoje ás 11 da noite, o teu verdadeiro amor ira aperceber-se do kuant gosta de ti e ira escrever o teu nome no nick do teu msn ou mandar-te uma mensagem.
Amanha por volta das 14.42 algo de bom ira acontecer... pode ser em kualker sitiu.. por isso prepara-te para o maior choke da tua vida! Se kebrares a corrente iras ter ma sorte no amor por 50 anos.. Manda isto pa 25 pessoas em 5minutos... Nao metas reencaminhar! COPIA E COLA"

.
(E depois Professor Bailica Excluído isto é ou não é uma conjugação de conceitos? :-D )

20081219

064 - Consultório astrológico

O professor J. Bailica sacando de um folha de papel que desenrola em cima da mesa ocupando-a por completo, vai dizendo...
- Como todos sabemos, Gémeos é um signo de ar, volátil e mutável. O seu planeta regente, Mercúrio - e apontando para a carta que tinha sobre a mesa - em conjugação com a frente fria de epicentro no anticiclone dos Açores...
- Desculpe doct...
- Professor!
- Ou isso! Desculpe professor, mas não estará a misturar conceitos?
- Nada disso! Como dizia, o ar frio empurra o ar quente sobre a influência do anticiclone o que causa precipitação e explica a dualidade do signo, tanto que, temos a Sopa de Letras e a BCorrêa como comentadora do blogue das Mustelas!

061R1 - Ainda os presentes de Natal

Não percebo esta mania de miniaturizar os objectos do dia-a-dia que são um pouco mais hi-tech. Tenho um amigo que é um cavalo (isto não é um insulto, ele é mesmo um cavalo) que já sofria horrores por não ter polegares quando queria pegar no telemóvel para atender uma chamada (ainda bem que se lembraram de inventar a função "alta-voz"), agora imaginem como é carregar na tecla verde para atender quando as teclas são tão diminutas! Talvez se safe com os telemóveis de ecrã táctil... mas não sou eu quem lhe vai oferecer tal coisa no natal, não estou para dar o couro peludo por um!

20081218

051R3 - Perdição

O Furetto diz que ele anda sempre num pescoço, por onde quer que vá lá está ele sempre muito cobiçado e num belo pescoço. O Furetto diz que eu, Donnola, sou omnipresente, estou em todo o lado. Não sei porquê. O que sei é que não ando com ele ao pescoço nem estou presente do lado dele. Porque será? Onde é que eu ando?

20081217

063 - Aos Primeiros Mil

Estão aqui todos, garanto! Vê-lá se te reconheces. Ficaste muito bem na Roda dos Primeiros Mil Visitantes :-D
Aos Primeiros Mil Muito Obrigada!
(ok, pronto, não são mesmo mil, são duzentos e setenta e dois comentários, pronto, admito que além de feder tenho a mania de contar, tabelar, fazer gráficos, ahhh pronto, está bem, dou o meu pêlo por uma folha de excel :-D)

062 - Cousas da cultura

Entrar num teatro para assistir a um qualquer evento cultural (e com este frio) é demasiado fácil, basta ficar inerte por breves segundos, que há sempre alguém que me acha atraente o suficiente para me meter à volta do pescoço. Assim fizemos nós, a Donnola e eu, fomos ver (e ouvir) a ópera "O Elixir do Amor" uma ópera datada de 1832 adaptada esteticamente e com uma boa dose de humor à mistura, nada enfadonha! O que eu não esperava era encontrar ali no palco alguém conhecido! Um colega das aulas de música que não via há anos e que agora anda nestas vidas. Sim, eu tive aulas de música, mas a minha voz, ao contrário da do Diogo, é óptima apenas para escrever textos de blogue! :-P

(clicar no título para saber um pouco mais)

061 - No Natal vou oferecer...

Comprar chocolates para oferecer está a tornar-se cada vez mais difícil! Já não me bastava tomar o meu banho semestral com chocolate Dove, agora ainda me arrisco a oferecer "roupa interior absorvente" da Lindor como prenda de natal... isto não me cheira nada bem! Vou acabar por me manter fiel às "meias"...

(clicar no título para ver o que disse Alguém sobre o mesmo assunto)

20081216

060 - Secret files of KoSP

... assim que pôs o pé fora do avião, o agente brasileiro Heitor Cardoso foi rapidamente encaminhado para a sede da KoSP* a fim de saber os pormenores da sua missão. The queen, era assim que lhe chamavam, pois ninguém na organização alguma vez teve coragem de lhe perguntar o nome, tinha ar de estudante, e no seu feitio de rainha, inteirou o jovem agente do que o esperava.
A sua missão nada mais era que... descobrir em qual das tendas-blogue da Isabel Metello estava escondida a estátua do Nilson Barcelli, e sem recorrer a alta-tecnologia!
- Tu tá doida mulher?! Isso não é um livro do "Onde está o Wally" não!

* KoSP - kind of secret police

20081215

059 - O Bimbo

Sem côdea e sem miolo, como manda a lei do bimbo!
Um bimbo é reconhecível pela protuberante pança, pela camisa aberta até ao fundo do externo de forma a ventilar os pêlos do peito (dizem que um bimbo cheira mais mal que qualquer mustela), relógio de francas dimensões (originário de desvios lombares devido ao peso), bigode ridículo numa tentativa de autoridade, e, e isto é muito, mas mesmo muito importante, o belo "acrobata" ao peito por entre a supracitada capilaridade toráxica!
Esta última condição é também a forma de identificação e reconhecimento desta espécie entre si, e é também consoante o tamanho do pingente que a posição na cadeia hierárquica da "bimbice" é definida. Portanto, se empurrar, se abalroar, se esbofetear, se insultar (chamar bimbo a um bimbo conta como insulto), se o superar em inteligência, em elegância, em presença, ou capacidade de trabalho, não tema coima segundo a protectora dos animais, o bimbo (felizmente) não está em vias de extinção!

20081214

058 - Opiniões

Não se assustem! Isto não é uma cópia, plágio ou desavergonhado roubo. Isto é uma homenagem a um blogue que a brincar a brincar escreve bem, com sentido de humor, observações interessantes e muito mimo ou não fosse o autor um "menino lindo" :-P A ideia da homenagem surgiu porque o Furetto me disse "é como diz o outro que é do PCP mas não é comunista" e disse eu "que outro?" e diz ele "então não lês o L!ngu@$?" (o ponto de interrogação aqui é um sinal ortográfico), oops que falha! E tu já leste? Então faz favor aqui. Já agora aproveita para ver o blogue todo e os expressivos bonequinhos do Ego bem alimentado pelo mesmo, ali ao lado :-D
Gostamos de ti e das tuas opinadelas, perdão, lambidelas.

20081213

051R2 - Pito

Um pito não se come com duas cantigas! Há que ter atenção, cuidado, requinte e romantismo (quem disse que a luz das velas está desactualizada?), com pena de nunca se experimentar o dito, o pito.
A mim, deram-me o pito, e eu comi-o todo sozinho!
O pito é um bolo?!
As raparigas hoje, dia de Santa Luzia, dão o pito aos rapazes que elegerem na esperança de mais tarde receberem a gancha.

20081210

057 - Bafo de Doninha

Hoje estou assim a dar pró azeda, no meu caso o azedo significa libertação de gases pela focinheira, a juntar ao meu cheiro natural a coisa é assim a modos que explosiva, má e sem explicação biológica. Mas pronto não incomodo mais com descrições de cheiros. Vamos ao bafo, não me apetece revelar a fonte nem a inspiração, vou ser indirecta quanto basta: pergunto porque é que sempre, mas sempre e se não é sempre é quase sempre, quando há uma notícia com cheiro a escândalo faz-se uma pequena biografia da pessoa e lá está “nascido numa pequena aldeia beirã” e quem diz “beirã” diz outra qualquer região suficientemente desconhecida de modo que ninguém sabe apontar no mapa onde fica a dita “pequena aldeia”. Por favor não tenho nada contra pequenas aldeias nem beirões nem regiões inóspitas. O que eu registo como fenómeno repetitivo é este tipo de nascimento. Onde é que estão as pessoas nascidas no Cacém, na Amadora, em Cascais, em LISBOA, lol, não há ninguém nascido em LISBOA (vá, uma capitalzinha de distrito jeitosa também serve) com protagonismo político, artístico, literário, intelectual, desportivo, etc. etc.? Será que as pessoas urbanas não cometem escândalos, não se evidenciam, remetem-se ao anonimato automático e monótono? Ou como a sede dos jornais é por estas bandas aos jornalistas só interessa “enaltecer” as pessoas nascidas em “pequena aldeia”? Sei lá, eu bem invento desculpas, não percebo nada de sociologia, mas gostava de saber que raio se passa. Será que em cada criança “nascida numa pequena aldeia beirã” haverá um potencial desviador de fundos, influenciador de interesses, ambicioso arrogante, coleccionador de carros de luxo, jogador de golfe, enfim…não sei que raio vão aprender para a cidade mas faz-lhes mal. Sem ofensa. Ai credo estamos em Dezembro. Já me descuidei...

20081209

056R1 - Vamos cear vamos!

Furetto, meu caro (malcheiroso e sedoso, já que pedes) e brilhante mineiro (não sei se a ideia do capacete é boa, quem sabe esfregar uns cabos eléctricos no pêlo não faz ainda melhor efeito que o "zement" da Claúdia Schiffer?), uma sopinha quentinha com este frio cai sempre bem e de letras é vantagem a dobrar, quem sabe juntando bem as letras JPD, Leila*, Ind Caroline x) e sai mais uma daquelas etiquetas Boletim Interno em forma de posts cheio de links :-P hem? Que dizes?

20081208

056 - Vamos cear?

Donnola, minha cara (reparaste nesta forma tão original de adulterar o texto?), já reparaste que temos uma multidão de seguidores (as palavras da eterna Amália, obrigado, obrigado), mas reparaste que, ali por entre a lista, está um seguidor não comentador? A Sopa de Letras já faz parte do menu!

055 - Trabalhinho de feriado

Fui abordado por uma vizinha a seguir ao almoço, precisa de umas reparações no aparelho informático lá de casa.
Não faço a mínima ideia de qual é o problema pois ela não se soube explicar em condições, mas pelo sim pelo não, arrumei as ferramentas, liguei a lanterna do capacete, e lá vou eu para dentro do computador tentar fazer sentido daquela amálgama de fios, fitas e pistas de cobre.
O capacete de técnico de informática fica-me bem?

054 - Mais um desafio.

Se está lido, está lido! A continuação do desafio tinha que ser respeitada, e assim se fez!
Cá na toca há bastantes livros (é comum estar no sofá de roupão com os óculos equilibrados na ponta do nariz enquanto tento ler por entre os bigodes), mas o mais próximo estava a servir de mesa de cabeceira.
O livro é "A vida de Pi" de Yann Martel, a 5ª frase da página 161 é:

"Estendi a mão trémula e agarrei uma."

Esta frase assim, descontextualizada é quase pornográfica!

Os primeiros 5 visitantes façam favor de responder, se já tiverem respondido, deixem comentário que eu coloco uma hiperligação para a vossa resposta.

20081207

053 - Compras

A prenda de Natal da Liz chegou antecipada, um cheque PreDatado de Ci euros (assim em numeração romana que é para não imaginarem já que fiquei rica). Fiquei indecisa entre comprar uns sapatos de Saltos Altos Vermelhos ou um livro do velho, chato e com a cisma que tem piada Antonio saramago, algo como ficar bonita ou ficar culta, Paradoxos que todos os anos me assaltam por esta altura. Como?! Sacos de compras? O mordomo da Graça B., sóbrio e educado, que trate de carregar os embrulhos que estas unhas não ficam assim por obra do divino!

051R1 - Lamechices





Sem comentários!
Que fique bem claro que eu Furetto, não vi o filme "Titanic" (completo e seguido)!

052 - Cimento vs Segurança

Não encontrei a versão portuguesa do anúncio mas "zement" alemão é mesmo cimento português.


E agora como é que se convence o pessoal das obras a usar capacete se o cimento faz bem ao cabelo?

051 - Cena Romântica

Não resisti a fazer o teste e a copiar a ideia da Ci ;-)



O que mais me irrita é que é quase verdade, sou fã da Meg Ryan e dos seus filmes lamechas em tardes de Domingo no sofá, comecei por detestar a personagem do Billy Crystal mas depois vá no fim do filme até parece menos feio... Já agora, não há Meg Ryan que se não derreta por um Australiano :-D

20081206

050 - Follow Us

Caro Furetto, again a expressão "caro Furetto" mas que queres não me sai outra, pois é caro Furetto reparei que temos dois seguidores, dois seguidores hem! (se queres cheirar bem pergunta-me como), diria que são duas pessoas com um excelente faro ou então as duas pessoas com os mais belos narizes! O que achas de pormos ali ao lado a lista? Pormos, quer dizer, põe tu caro Furetto, já sabes que a tua raposa endromina o meu explorador e, na verdade, dá-me jeito e menos trabalho :-D olha caro Furetto e que tal sermos seguidores dos nossos queridos comentadores? Pois, blá blá blá, tratas disso? És um querido caro Furetto :-$ (malcheiroso e sedoso)

049 - No Espaço?

Já recebi este vídeo várias vezes (já tem barbas como diz uma amiga nossa), é a confirmação daquela teoria que os "mails parvos" (aceitam-se sugestões para designar aqueles mails-corrente que não servem para nada e uma vez ou outra nos fazem sorrir) dão a volta de ano em ano (na melhor das hipoteses). Este vídeo supostamente passa-se no espaço:

video

Vá lá, confessa, quantas vezes já o tinhas visto? :-P

048 - Estória de Natal

Do alto da sua montada alazão, diz mui nobre cavaleiro João...
- Dir-me-ás vosso nome oh donzela?
- Sois algo atrevido, não?! Cuidais que te digo meu nome assim, sem delongas?
Surpreso, o cavaleiro decide afastar-se... e muda de estratégia! parte em direcção ao covil da feiticeira, pedindo-lhe o seu conselho.
- Laidita, ajudai-me, pois conheci bela donzela que a mim Espanta Sono! Já não durmo, já não como, suplico-vos, ajudai-me com vossa imensa sabedoria!
A feiticeira, vendo tamanha aflição nos olhos castanhos do cavaleiro, disse-lhe...
- Levai esta Lomo como oferta, e tenhais modos ao falar!
Estranho engenho este que haviam depositado em sua mão, mas assim fez o cavaleiro, e cavalgou de volta à residência da donzela.
(por esta altura já o cavalo tinha ficado sem palha, mas como o preço dos cereais também está a descer tal como o do brent, nada como fazer uma pausa numa "estalagem de serviço" para abastecer o cavalo e beber um café... de volta à estória)
- Invicta donzela, vede o que trago para vós!
Maravilhada com tal artefacto (a "tal" lomo), diz a donzela...
- Onde haveis vós encontrado a minha máquina?! Devolvei-a!
- Foi uma Doninha que a achou, e um Furão que a guardou, e eu trago-la até vós, em troca de saber vosso nome...
- Eu sou a Rita! Muito prazer! Agora dá cá a máquina e põe-te a andar que eu quero ir tirar umas fotos à iluminação de Natal da baixa!

(eu disse que era uma estória de natal, pelo menos é passada na época do natal!)

20081205

044R3 - Ainda Dezembro

Estranho costume o dos humanos, fazerem bonecos de neve. Surge-me uma questão... porque será que não fazem também bonecas de neve?
Eu nunca fiz um Furão de neve, e tu?

044R2 - Mais Dezembro

Aqui está, e muito melhor!, em BD:
Roubei com autorização daqui

20081204

047 - Baú

Andava eu ali de volta dos caixotes a escolher o que guardar, pois tenciono viajar leve para a nova toca, e encontrei uma relíquia! Já nem tenho nenhuma máquina que os leia, mas achei um LP, um que ouvia nos meus instantes e momentos em que necessitava de inspiração. Suplantado pelo cd primeiro, e depois pela música portátil em mp3, ele lá foi ficando, esquecido na estante dos livros, porque descobri que, para me inspirar, por vezes bastava apenas uma pepita chocolate... e agora, que falo de comida, vou trincar qualquer coisa!

044R1 - Dezembro, pois!

Estamos em Dezembro e quer queiramos quer não, quer acreditemos em Cristo quer não, estamos no lado Ocidental do mundo e por aqui comemora-se o Natal. (Sim escrevi Cristo de propósito porque acreditar em Deus é universal, acreditar em Jesus Cristo é que é mais daqui das nossas paragens) E o Natal quer dizer coisas boas e doces, prendas, reconciliações, família, desejos de Paz, Amor, Saúde e mais mil e uma palavras de sentido perdido e sem brilho (sejamos pragmáticos: perdido o sentido religioso, admitamos que o Natal é obrigatório). Uma alemã contou-me que na Alemanha neste mês há a tradição de diariamente se fazer algo nesse sentido, o chamado Calendário Adventista (corrijam-me se estou errada porque o nosso diálogo foi em inglês e às vezes as traduções à letra dão asneira), que nós conhecemos como um calendário em cartolina com janelinhas picotadas que se abrem e tem lá um chocolate para comer um em cada dia de Dezembro até ao Natal (pois é, mais uma daquelas deturpações consumistas, transformar a boa intenção em chocolate). Achei a ideia muito original, já não se usa uma pessoa manifestar a intenção de fazer uma boa acção por dia. A alemã contou-me que no fim de semana 29/30 de Novembro fez uma lista de actividades para cumprir até ao Natal, por exemplo: no dia 1 fazer biscoitos, no dia 2 plantar uma planta (lol para não dizer uma flor), no dia 3 fazer a lista das prendas de natal, dia 4 visitar um amigo, dia 5 dar um passeio a pé com a filha, dia 6…etc, etc. ou seja fazer alguma coisa que quebre a rotina, com boa intenção e que provoque uma boa onda. Ora bem, deixa cá ver, hoje é dia 4, ainda há 21 dias para pensar nisso, hmmm, começa já, diz “Booom Diaaa!” à próxima pessoa que passar por ti :-D

20081203

046 - Pergunta...

Visto que no post anterior me obstruiram a entrada, pensei que talvez fosse altura de mudar de toca. Estou farto de pagar renda por um buraco que nem é meu!
Um Furão também precisa de independência!
A minha pergunta para todos vós é: Qual é o valor de spread no empréstimo para aquisição de casa "que vocês melhor conhecem"*?

* que é como quem diz, qual o vosso spread

E já agora, em que instituição bancária... desde já, os meus sinceros agradecimentos.

045 - Desafiado?! Eu?

Vão perdoar-me pela minha falta de prática nestas coisas dos desafios, o meu maior desafio até hoje tem sido sobreviver por entre tanto betão, porque no que toca a alimentação, até que me safo bem.
Muito bem, aqui o nosso assíduo visitante do gato de língua incansável arremessou uma bola de neve... que, a rebolar por aí abaixo até tão distante local como a a porta da minha toca... nem daqui a 10 anos tenho a passagem completamente desimpedida!

Na bola de neve estava escrito que o desafio consiste em:
1) Mencionar as regras;
2) Escrever uma lista de oito coisas a fazer;
3) Convidar oito animadores de blogue para responder;
4) Comentar nos blogues dos convidados para que saibam da convocatória;
5) Comentar no blogue de quem nos convidou.

Pensar em sonhos para realizar é fácil, é no entanto complicado escolher oito deles, pois muitas das coisas que gostaria que se realizassem, não estão propriamente nas minhas pequeninas patas para lhes dar forma na realidade, mas cá vai!
  1. Não fazer parte do guarda-roupa da Lili Caneças, de certeza que sou alérgico ao plástico.
  2. Fazer parte do plano de vacinação contra a peste que assola as populações dos Mustela nigripes.
  3. Conseguir escrever Português incorrecto com o novo acordo ortográfico.
  4. Não precisar de uma grua para me levantar todas as manhãs.
  5. Perceber a razão de me pedirem o pêlo por um telemóvel que faz tudo menos chamadas com qualidade.
  6. Ir ao veterinário sem ter que o ouvir dizer que tenho o índice de massa corporal demasiado baixo.
  7. Conseguir responder/enfrentar aos/os desafios que me colocam.
  8. Não perder a cabeça quando há razões para perder a cabeça.
Para responderem a este desafio vou escolher... os primeiros oito comentadores do blogue a partir da publicação destas linhas.

Por detrás de cada uma das respostas em tom de brincadeira, há uma razão muito séria para mim... prefiro considerar que, um pouco de boa disposição torna tudo mais "leve".

20081201

044 - Dezembro

E chegámos a Dezembro! Começam os humanos a ficar mais aguerridos no que toca a compras... eu, apesar de ser um furão, dei um saltinho a uma superfície comercial já a tentar evitar os congestionamentos de última hora...
Percorrendo o primeiro corredor vi uma montra em que replicavam o ambiente de um safari numa savana africana, e até tinham lá uma Majo! Duas montras mais à frente, com tons laranja e bolinhas douradas (nada de peixe que eu sou carnívoro), uma livraria e, à saída da mesma, tropeça em mim (literalmente) um ávido comprador de literatura que, ao perder o equilíbrio, me deixa cair na ponta do rabo uma obra da professora Ana Paula... começo a achar que não devia ter vindo a um feriado! Pensando bem... acho que volto cá amanhã! Contorno as instalações da agência de viagens mdsol, volto à esquerda no final do corredor, evito um Pai Natal que carrega embrulhos, salto por cima de um banco antes que a criança com o chupa-chupa o cole ao meu pêlo, três voltas e meia na porta giratória e... estou de volta à rua! Carrego no stop do cronómetro (que trazia ao pescoço), o mostrador indicava 0.04... bati o meu próprio recorde! Quatro minutos desde que entrei até que saí, fantástico!